segunda-feira , 25 setembro 2017
Home » Mídias » Esboço » Esboço para Células – 45 do Segundo Tempo

Esboço para Células – 45 do Segundo Tempo

45 do segundo tempo (Arquivo)

Estudo para as células

Comunidade Batista da Pazdownload

Pr. Jadson A.R. da Silva

Olá, querido líder! Gostaria de dizer-lhe que você é muito importante para Deus. Ele tem grandes planos para sua vida. Dedique-se à oração e à leitura da sua palavra, separe um tempo de consagração, jejue para que a sua carne venha morrer. Só assim você terá sensibilidade para ouvir o que Espírito Santo quer ministrar. Ore pela sua célula, pelos seus discípulos por aqueles que estão chegando. Creia que o impossível vai acontecer.

Uma dica: Decore a história ou leia várias vezes a ponto de poder narrá-la na célula sem precisar do papel. As pessoas gostam de ouvir história, aproveite! Assim, a célula vai se tornar mais dinâmica e menos cansativa.

Tema: Salvação nos 45 minutos do segundo tempo.

Texto:  Lucas 23: 33 a 43

 

Perguntas para o grupo:

1-) Quem são os personagens apresentados no texto?

R: Multidão, líderes religiosos, soldados, Jesus, e os dois ladrões.

 

2-) Qual foi a reação dos ladrões na crucificação?

R: Um dos ladrões, esbravejava insultos contra Jesus: “Não és tu o messias? Salva-te a ti mesmo e a nós também!” v. 39 (BKJA)

O outro ladrão repreende aquele que esta insultando a Jesus dizendo: “Nem ao menos temes a Deus, estando sob a mesma sentença? Nós, na verdade, estamos sendo executados com justiça, pois que recebemos a pena que os nossos atos merecem. Porém, este homem não cometeu mal algum!” v. 40,41 (BKJA)

3-) Compare os pedidos feitos pelos ladrões:

1-      O primeiro ladrão pediu para que Jesus se salvasse e o libertasse da cruz. v.39

2-      O segundo ladrão pediu para que Jesus se lembrasse dele no paraíso.  v.42

 

3-) O que você consegue identificar na fala do ladrão que defendeu Jesus?

R:      1-) Reconhecimento das suas próprias falhas.

2-) Reconhecimento que Jesus não havia errado

3-) Reconhecimento de Jesus como rei e senhor. v.42

 

4-) Qual foi a resposta de Jesus ao ladrão que lhe defendia?

R: Hoje mesmo estarás comigo no paraíso. v.43

 

Comentário: O ladrão que defendeu Jesus foi salvo nos últimos 45 minutos da sua vida. Só Jesus diante da morte tem poder para dar vida, mesmo que o ladrão viesse há morrer, a morte não o deteria.

 Pense nisso: O primeiro ladrão estava preocupado com uma solução temporária e passageira, e por Jesus não o atende-lo começou a insultá-Lo. Muitas vezes agimos da mesma maneira, quando os nossos pedidos não são atendidos. Colocamos Deus de lado, nos irritamos com Ele, e até mesmo o deixamos.

O segundo ladrão não estava se importando com a situação que esta vivendo, mas temia a Deus e reconhecia as suas próprias falhas. Conseguia mesmo no meio do sofrimento enxergar Jesus como salvador, e desejou estar com Jesus em seu reino.

Talvez você pense que a solução da sua vida seja a mudança das circunstâncias que você esta enfrentando. Porém isso não é tudo. Existe algo a mais; viver a eternidade ao lado de Deus onde não há sofrimento, e nem dor. Essa é a esperança para aqueles que reconhecem Jesus como Senhor e Salvador de sua vida. Além de desfrutar da presença de Deus após a morte, Jesus nos garante que em vida Ele estaria conosco. No texto de Mateus 28:20 Jesus disse: “…E lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.” (NTLH). Isso quer dizer que independente das circunstâncias nunca mais as enfrentaremos sozinhos.

Não deixe para ultima hora, aproveite essa oportunidade e faça como o ladrão da cruz que defendeu Jesus, reconheça as suas falhas, reconheça o Senhorio de Jesus e experimente a nova vida que Ele pode lhe dar.

            

Fim

Uma dica:  Neste momento você poderá aproveitar para fazer o convite para a pessoa começar a caminhar com Jesus, aqui vai uma sugestão:

 

                Você não gostaria de desfrutar dessa nova vida hoje ao lado de Jesus?

Se alguém aceitar o convite, faça uma oração de entrega e apresente a sua família espiritual, o pessoal da célula. Separe um(a)  discípulo(a) para acompanhá-la na semana.

About Marcos Vinicius de Souza

Além disso, verifique

O PODER DA ORAÇÃO NA BATALHA ESPIRITUAL

O poder da oração na Batalha Espiritual (Arquivo) O PODER DA ORAÇÃO NA BATALHA ESPIRITUAL Pr ...