segunda-feira , 25 setembro 2017
Home » Mídias » Esboço » Esboço para células: Igreja em Filipos

Esboço para células: Igreja em Filipos

Igreja em Filipos (arquivo)

CBP 26/05/2013 – Esboço – Célulasbasilica-filipos

Pregação: Pastor Marcio   Atos 16.6-15                                                                                                              Início da Igreja em Filipos

INTRODUÇÃO Desejo estudar com a Igreja a Carta de Paulo e Timóteo aos Filipenses. Antes, porém, é importante ver o nascimento da Igreja. Como ela nasceu? Os primeiros membros e as primeiras experiências. Paulo estava realizando a 2ª Viagem Missionária. At. 15: 36 – 41, o propósito inicial era “visitar os irmãos em todas as cidades onde o evangelho foi pregado, para ver como estavam indo”. Paulo e Silas, devidamente encaminhados pela Igreja viajaram pela Síria e Cilícia, fortalecendo as Igrejas. É importante salientar que a iniciativa de Paulo e Silas foi aprovada pela Igreja. Eles não foram por conta própria, mas traçaram planos, definiram o percurso e submeteram os planos à Igreja de Antioquia. É importante a aprovação e o envio por parte da Igreja. Não se trata de burocracia, mas de cobertura espiritual. É como se a Igreja dissesse: “Vocês estão indo em nosso lugar; seremos representados por vocês. Vão, façam o melhor, proclamem a mensagem do Senhor e façam a vontade de Deus como se nós estivéssemos com vocês”.

Ao passar por Listra, Paulo levou Timóteo e “as igrejas eram fortalecidas na fé e cresciam em número a cada dia”. At. 16.5. Você já fez planos, bem traçados? Mas, mesmo sendo bem elaborados, eles tomaram direções que estavam totalmente fora dos seus propósitos? Pv. 16.1 “Ao homem pertencem os planos do coração, mas do Senhor vem a resposta da língua”. Nem sempre os bons planejamentos, nem mesmo aqueles que são aprovados pelos líderes e pela Igreja, são aprovados por Deus. O nosso campo de visão é infinitamente menor que o de Deus. Hino 546 HCC Dá-me Tua Visão: “Dá-me tua visão, Senhor, olhos que possam ver almas perdidas sem teu amor, sem fé, sem graça e poder. Abre meus olhos, dá-me visão Senhor, que eu possa ao mundo demonstrar, teu maravilhoso amor”. Ao viajarem pela região da Frígia e Galácia, foram impedidos pelo Espírito Santo de pregar a Palavra na província da Ásia. Tentaram entrar na cidade de Mísia, mas foram impedidos pelo Espírito de Jesus. Parece uma contradição. Jesus disse: “vão, façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. Talvez Paulo tenha dormido orando assim: Senhor nós queremos fazer tua vontade, queremos entrar nestes lugares com a tua Palavra, fazer discípulos e ensiná-los a observar tudo o que o Senhor mandou. Naquela noite, Paulo teve uma visão muito clara: Um homem, talvez um anjo, não sei, suplicava “passe à Macedônia e ajude-nos”. Foi o suficiente para concluir que Deus queria que a equipe de missionários fosse para aquela região. Na região de Macedônia Paulo passou e organizou Igrejas nas cidades de Filipos, Tessalônica e Beréia. O início se deu na cidade de Filipos. O que podemos dizer de Filipos? Ao conquistar a cidade, Filipe II deu a ela o seu nome, em homenagem a si próprio, cercou-a e explorou suas riquezas. A cidade de Filipos tornou-se uma importante colônia romana. Diz o texto que Paulo ficou vários dias naquela cidade. A cidade não tinha Sinagoga (Paulo sempre iniciava o trabalho de evangelização nas reuniões da sinagoga). Neste caso, o trabalho missionário começaria do zero No sábado eles procuraram um lugar de oração. Chegaram na beira do rio e encontraram algumas mulheres, dentre elas Lídia, mulher piedosa, temente a Deus. Penso que foi o anseio daquelas mulheres que chegou a Deus e levou Paulo a mudar os planos e passar pela região para alcançar a cidade de Filipos. Deus ouve orações. Ainda que pessoas não tenham conhecimento ou compreensão de Deus e da Sua vontade. São pessoas sedentas e têm o temor do Senhor em seus corações. Atos 10 conta a história do Centurião Cornélio que era piedoso e temente a Deus. Suas orações foram ouvidas. Assim, a compreensão de Deus e da sua vontade chegou ao entendimento e ao coração daquele homem e da sua família. Posso testemunhar do meu pai que também tinha o temor de Deus em seu coração e todas as noites intercedia por nós. No dia da minha formatura nada foi tão marcante quanto as palavras dele. Enquanto me abraçava dizia: “Eu orava pra que você se tornasse um pastor”. O interessante é que ele se converteu muito depois de feito esta oração Eu posso estar viajando nos meus pensamentos: digo eu, não a Bíblia, que aquela Igreja que estava se formando, foi resposta às orações daquelas mulheres que se runiam na beira do rio. Mesmo que elas não tenham orado, teimo em dizer que Deus ouve orações, especialmente aquelas que vão de encontro com a Sua vontade Soberana. A igreja de Filipos nasceu na beira do rio, basicamente com a família de Lídia, que veio de Tiatira, da região da Ásia, onde Paulo desejava pregar o evangelho. Mais tarde, a família de um carcereiro, converteu-se e junto com sua família foi batizado e juntou-se a Igreja. Igrejas nascem no coração de Deus. O Henrique conta a história da CBP. A Igreja nasceu na sala da sua casa, com 07 ou 08 pessoas que oraram, buscaram a vontade de Deus. O grupo cresceu, ganhou forma, tornou-se uma Igreja e hoje nós estamos aqui, com o desejo de continuar crescendo, de ser uma séria, que ande segundo a vontade de Deus. O nascimento da Igreja de Filipos deixou algumas lições importantes. Deus cumpre os seus propósitos. Seus planos vão além dos nossos e nada pode impedir que a vontade de Deus se cumpra. Nem mesmo as nossas melhores intenções farão com que Deus desvie os seus olhos dos seus propósitos. O livro “Conhecendo Deus e Fazendo Sua Vontade” ensina:

• Deus está agindo constantemente ao seu redor.

• Deus busca um relacionamento de amor contínuo com você que seja real e pessoal.

• Deus convida você para envolver-se em sua obra.

• Deus fala através do Espírito Santo por intermédio da Bíblia, da oração, das circunstâncias e da Igreja, com o fim de revelar a si mesmo, seus propósitos e modo de agir.

Portanto, a 1ª lição que texto bíblico aponta é: 1. O Espírito Santo de Deus age em nossas vidas e na vida da Igreja. V. 6 – 7. O Espírito Santo age. Ele é Real e Pessoal. Tão pessoal que habita em na vida de todo aquele que o aceita como Senhor e Salvador. Ef. 1. 13 – 14 “Quando vocês ouviram e creram na Palavra da Verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados em Cristo com o Espírito Santo da Promessa, que é a garantia da nossa herança até a redenção daqueles que pertencem a Deus”. I Cor. 6.19 “O corpo de vocês (individualmente e da Igreja) é o santuário, o templo do Espírito que habita em vocÊs, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos”. A Igreja conhece um cântico que francamente acho que a letra poderia melhorar: “O Espírito se Move em você”. Sim é verdade o Espírito habita em nós, e “Ele move as nossas vidas”, Ele nos conduz ao arrependimento; Ele faz com que enxerguemos a vontade de Deus; Quando não sabemos como orar, Ele intercede diante de Deus por nós; Ele enche as nossas vidas e nos impulsiona a fazer a vontade de Deus. 2. Precisamos ser sensíveis à voz de Deus. V. 9 – 10. Que adianta explicar e constatar que o Espírito age e fala se não houver sensibilidade por parte dos filhos de Deus. Deus não conta com a sua teimosia, Ele deseja a sua obediência. Paulo foi muito teimoso antes de sua conversão (Atos 26.14 Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões). Depois da sua marcante experiência, tornou-se obediente ao Senhor. Tiago 1.19 diz: “Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.”. Um dia você andou longe de Deus, segundo a sua própria vontade, mas hoje, com Cristo em sua vida, é preciso ouvir a voz de Deus e ser rápido para colocar em prática. Portanto, é preciso abrir o coração para o Senhor, para os instrumentos que Ele está usando para falar com você e dar ouvidos ao que Ele quer falar. Deus fala de muitas maneiras – Palavra, Oração, Pela instrumentalidade de alguém. Estamos vivendo um tempo de discernimento. A mídia, a tecnologia é uma bênção ou maldição. Por isso nós precisamos de discernimento, ouvidos que ouçam e filtrem o que é bom e descarte o que não presta. Na região de Macedônia, existia um povo que quando ouviu o apóstolo Paulo, comparou com a Palavra de Deus se o que ele dizia era verdade. Atos 17. 10 – 15.

Portanto, seja sensível à voz de Deus, mas não demore em colocar em prática. (Seja rápido – Táxi – quer dizer rápido). 3. O texto diz que o Senhor abre corações. V. 14. O texto está falando de Lídia. Ela era da cidade de Tiatira, na Ásia. Coincidentemente, a região que Paulo queria pregar o Evangelho, mas foi impedido pelo Espírito Santo. Lídia era vendedora de tecidos e roupas de Púrpura. Tecidos e roupas de luxo que eram fabricadas em Tiatira. Diz o texto que ela era temente a Deus – gente boa, queria acertar na vida, viver com integridade. Ela ouviu a mensagem, e Deus abriu o seu coração, foi batizada e a sua família também recebeu a Cristo como Senhor e Salvador. Eu creio, que hoje, aqui, tem gente como Lídia. Tem o temor de Deus, é honesta ou honesto, mas ainda não abriu o seu coração para o Senhor. Ainda não recebeu Jesus como Senhor e Salvador. Foi assim que a Igreja de Filipos foi formada. Deus desviou a rota de uma viagem. Ele fez com que Paulo entendesse os seus propósitos e ai, salvou vidas que precisavam do amor de Deus.

CONCLUSÃO: Tenho a intenção de introduzir o estudo da Carta aos Filipenses. Ao mesmo tempo, não posso deixar de destacar que o Senhor age. Ele muda a rota de nossas vidas e o roteiro da nossa história. Ele faz como quer. A você e eu, cabe ouvir, entender e obedecer. Quem sabe Deus tem falado agido e você tem fechado os seus ouvidos ao Senhor. “Duro é para ti, recalcitrar contra os aguilhões”. Talvez seja o tempo também de você aceitar a Cristo como Senhor e Salvador na sua vida.

About Marcos Vinicius de Souza

Além disso, verifique

O PODER DA ORAÇÃO NA BATALHA ESPIRITUAL

O poder da oração na Batalha Espiritual (Arquivo) O PODER DA ORAÇÃO NA BATALHA ESPIRITUAL Pr ...