domingo , 17 dezembro 2017
Home » Mídias » Esboço » Esboço para Células – Jesus Cuida de seus discípulos

Esboço para Células – Jesus Cuida de seus discípulos

Culto 01-11

Jesus-cuida-dos-seus-discípulos-esboço (Arquivo)

Comunidade Batista da Paz – Pr. Marcio 1/11/2015

Jesus cuida dos seus discípulos – João 21:1-142009_07_30

INTRODUÇÃO

Os discípulos estavam tristes e frustrados por causa da morte de Jesus. Não tinham a companhia física do Mestre Jesus. Resolveram pescar, e nada pegaram.

Jesus aparece pela 3ª vez aos seus discípulos com objetivo de cuidar de suas principais necessidades.

Hoje, discípulos lutadores e engajados na Obra de Deus; ou desnorteados e desanimados em servir, também estão debaixo dos cuidados especiais do Senhor.

 

O texto demonstra o cuidado do Senhor com os seus discípulos.

  1. Jesus vai ao encontro dos seus discípulos

Assim como no início ele passou na praia e chamou os seus discípulos para que aprendessem a serem pescadores de homens, Jesus vai até à praia para visitar e cuidar dos discípulos que estavam machucados.

Os olhos do Senhor estão em todos os lugares, contemplando os maus e os bons”. Pv. 15.3. Isto é, Deus conhece todas as coisas. Ele sonda corações, observa seus caminhos, enxerga nossas dores, está ciente de nossas dúvidas. Ele sabe tudo a respeito de todos.

Jesus foi até os discípulos naquela praia, para cuidar dos seus corações. Corações que pararam de sonhar. Corações decepcionados com eles mesmos, porque, Pedro e seus amigos haviam abandonado o Senhor no momento mais difícil. Eles também estavam desnorteados, não sabiam como dar continuidade a tudo que o Senhor lhes ensinara.

Jesus está aqui para cuidar de cada líder e de cada membro ou congregado desta Igreja, porque o Senhor visita, o Senhor cuida de mim  Sl. 40.17.

 

  1. Jesus revela-se aos seus discípulos

Jesus aparece com intimidade e de forma perceptível:

  • Jesus os chama de filhos: paidia: crianças que precisam de cuidado.
  • Falando de forma que eles entenderiam: Lancem as redes para o lado direito do barco, igual em Lc 5:4-7, e as ovelhas conhecem a voz do pastor Jo 10.
  • A presença do Senhor pode ser percebida, ela pode ser vista pelos olhos da fé não somente por sentimentos.

Muitas vezes tenho a sensação de que estou falando sozinho em oração – ai, recorro à Palavra de Deus – Eu estou contigoEu estarei presente em todo o tempoeu não deixarei que nenhuma provação seja maior do que você possa suportar.

 

  1. Jesus cuida de seus discípulos, com seus peixes e o seu pão.

Além dos “equipamentos de restauração” – pão e peixe, Jesus, o pão da vida e a agua da vida era a maior provisão que os discípulos precisavam. Jesus é o próprio instrumento de restauração – quantas vistas ele abriu, mudos falaram, pessoas que estavam presas às suas camas foram curadas, homens e mulheres que estavam possuídas por demônios, foram libertadas.

Muitas vezes as células e os discipulados não andam como esperamos e olhamos para outras células e discipulados e vemos que as coisas estão andando – será que estou fazendo alguma coisa errada?  O que eu preciso melhorar? São perguntas normais, não devemos deixar de fazê-las. É verdade! Por outro lado, não podemos fechar os ouvidos e o coração para o amor e cuidado de Jesus. Não podemos deixar de lembrar que é Deus quem dá o crescimento e se algo acontece no outro pasto ou em outra rede – é evidência do amor e da misericórdia do Senhor.

 

  1. Jesus ordenou que os discípulos trouxessem um pouco dos peixes por eles pescados.

Será que os pães e os peixes que jesus forneceu não era suficiente? Sim, mas Deus também nos chama para a comunhão e restauração. É fato que existem pessoas felizes por ouvir e ser ensinada por pessoas que um dia foram ensinadas por elas. Igreja é assim – hoje eu ensino e amanhã Deus usa os ensinados para me ensinar. No discipulado você ensina, mas também aprende com aquele que você discípula. Nós somos um corpo (Rm 12:4-5) e precisamos agir como corpo. Somos como uma família e precisamos edificar um ao outro até chegarmos a uma maturidade (Ef 4:13), levando as cargas um do outro (Gl 6:2) e orando uns pelos outros (Tg 5:16).

 

DIRECIONAMENTO:

 

– Precisamos entender que o Deus que cuidou dos discípulos também cuida da gente da mesma forma até hoje;

– Como filhos, precisamos entender que Deus cuida, direciona e provê como um pai perfeito;

– Jesus e seus cuidados são reais, independente se sintamos ou não;

– Jesus supre, mas Ele á a maior provisão;

– Devemos cuidar e sermos cuidados como igreja: com unidade, companheirismo, confiança e amor.

 

About Marcos Vinicius de Souza

Além disso, verifique

Eu Necessito da Tua Palavra

Salmos 89-96 – Esboço (Arquivo) Salmo 119.  89 – 96 – Eu Necessito da Tua Palavra  ...