terça-feira , 23 Janeiro 2018
Home » Mídias » Esboço » Evidências do Amor a Palavra de Deus

Evidências do Amor a Palavra de Deus

97 – 104 – Evidências do Amor à Palavra – Esboço Células (Arquivo)

Comunidade Batista da Paz – 10/12/2017 – marciozegarcia@gmail.com – 13 98151-8043

Salmo 119.  97 – 104 – Evidências do Amor a Palavra de Deus

INTRODUÇÃO 

Men – 13ª letra do alfabeto hebraico – equivalente a letra M, indica o numeral 40. ‘Men’ significa ÁGUA, Fonte de Água ou Água Fluindo.

A Palavra de Deus é uma fonte inesgotável da Água da Vida.

Jesus, Palavra Viva de Deus, disse: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba”. João 7.37.

O meu povo cometeu dois crimes: Eles abandonaram, a mim, a própria Fonte de Água Viva; e tentaram cavar as suas próprias cisternas, poços rachados que não conseguem reter água”. Jr. 2.13.

 

Muitos trocam a fonte da água da vida por pequenas bacias de água. Não desejam perder o controle  – é assim que agimos muitas vezes e por isso em muitas ocasiões quebramos a cara!

O salmista afirma que ama a Palavra de Deus – trata-se de um amor resultante de um relacionamento de aprendizado com o próprio Deus – o v. 102 – “Tu mesmo me ensinas”.

Quanto amo a Tua Lei! É a minha meditação todo o dia. Meditar tem o sentido de “ruminar”. Pensar, repensar, refletir.

Quais são as evidências do amor ou apego pela Palavra de Deus na vida do Salmista?

A intenção é frisar que a Palavra de Deus é um tesouro que conduz o coração a praticar e viver a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.  “No meu coração, tenho entesourado a tua Palavra, para não pecar contra Ti”. Sl. 119.11.

O Amor à Palavra de Deus se evidencia pela sabedoria, pelo prazer e pela busca de santificação:

 

  1. O Amor em relação à Palavra de Deus se evidencia através da busca pela Sabedoria de Deus. V. 98 – 100

O salmista se orgulha de si mesmo. Na verdade, seu objetivo é demonstrar como “a sabedoria de Deus se instalou em sua vida”. Sua ênfase está na sabedoria prática e vivencial que a Palavra proporciona.

A sabedoria demonstrada gira em torno de três palavras muito práticas:

TER Teus mandamentos me fazem mais sábio que meus inimigos Tenho os teus mandamentos sempre comigo. V. 98
Meditar Compreendo mais que meus mestres Porque medito nos teus ensinamentos. V. 99
Obedecer Tenho mais sabedoria que os mais velhos. Porque obedeço aos teus ensinamentos. V. 100

A sabedoria do alto não cai de paraquedas, deve ser buscada – Pv. 2. 1 – 6.

A Obediência a Deus o fará mais sábio que os mais velhos. V. 100.

A sabedoria de Deus se adquiri buscando a Deus como alguém que tem sede e busca a água da vida. “Como a corça suspira pelas águas correntes, assim, por ti, ó Deus, anseia a minha alma”. Sl. 42.1.

  1. O Amor em relação à Palavra de Deus se evidencia através do prazer em relação à vontade de Deus. V. 103

Todo conteúdo da Palavra é precioso – não importa se Deus repreende ou consola, a Palavra de Deus é preciosa e prazerosa.

A Bíblia não é apenas fonte de promessas, é sobre tudo, fonte da vontade perfeita de Deus para nossas vidas. O prazer pela Palavra se fundamenta no fato de que Deus quer o melhor pra você e Ele deseja conduzi-lo aos pastos verdejantes e às águas tranquilas.

Eu quero ter prazer pela palavra. É importante reconhecer a preciosidade da Palavra de Deus em sua vida.

Infelizmente, muitos não têm familiaridade com a Palavra de Deus. “Jesus os admoestou: Não é sem motivo que vocês erram tanto, pois vocês não compreendem as Escrituras nem o Poder de Deus!”  Mc. 12.24.

  1. O Amor à Palavra se evidencia pelo cultivo de uma vida santa. 101, 102 e 104.

Vida Santa é aproximar-se de Deus e desviar-se do pecado. I João 5.19 “Estamos cientes de que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno”. A orientação é que “não devemos amar o mundo nem o que nele existe; se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele”. I João 2.15, veja João 17. 15 – 17.

Viver não significa pertencer ao mundo. No entanto, pertencer a Deus significa decidir em não inclinar-se à mentalidade do mundo – não absorver a forma de pensar que o mundo adotou.

O salmista escolheu desviar-se do pecado para guardar a Palavra. Nós precisamos escolher deixar o pecado, para amar e obedecer a Palavra. A Lei do Senhor entrou no seu coração? Você ama fazer a vontade de Deus?

 

CONCLUSÃO

Decidir amar a Palavra de Deus, implica em decidir deixar o pecado e depender de Deus:

Buscar e Caminhar com a Sabedoria do Alto;

Ter Prazer na Palavra, compreendendo que Deus sempre tem o melhor para nossas vidas;

Caminhar em Santidade, desviando-se das trilhas do pecado e de andar o mais longe possível daquilo que rouba a oportunidade de andar com Deus.

Providência divina – hoje, 2º domingo de dezembro é “O Dia da Bíblia”, oportunidade pra você reavaliar a sua vida em relação à comunhão com Deus e com a sua vontade.

Mais do que Ler a Bíblia, nos precisamos deixar que os princípios ministrados pelo Espírito Santo, através da Palavra de Deus, fluam em nosso viver.

About Marcos Vinicius de Souza

Além disso, verifique

Jardim das Oliveiras, lugar de lidar com as nossas motivações

Celulas – Jardim das Oliveiras lugar de lidar com as nossas motivacoes (Arquivo) Jadson A.R. da ...