quinta-feira , 14 dezembro 2017
Home » Mídias » Esboço » Navegando às águas profundas

Navegando às águas profundas

Texto bíblico: Lucas 5. 1 a 11

Enquanto lavava as redes junto com outros pescadores Simão estava ali, ouvindo as palavras poderosas
de Jesus, Simão como toda aquela multidão e como todos a_pesca_maravilhosa4estava admirado com a autoridade de Cristo. No capítulo 4.32, Lucas faz o seguinte comentário: “E todos ficavam deslumbrados com o seu ensino, pois que sua palavra era ministrada com autoridade”.

Jesus usa o barco de Simão como plataforma para ministrar a multidão. Ao encerrar seu ensino, dirigi-se a ele e aos demais, e lhes pede: “Ide para onde as águas são mais profundas e lançai as redes para a pesca”!

Porque era necessário ir as águas profundas?

  • É nas águas profundas que estão grandes quantidades de peixes, cardumes não ficam na margem. Para que o extraordinário acontecesse era necessário ir as águas profundas.

Jesus não necessitava das águas profundas para realização daquele milagre, mas os discípulos sim, ir as águas profundas e lançar as redes, envolvia OBEDIENCIA E FÉ.

1. Águas profundas em Cristo. Jesus nos convida a navegarmos num profundo relacionamento com Ele.

Falou Daniel, dizendo: Seja bendito o nome de Deus de eternidade a eternidade, porque dele são a sabedoria e a força;
E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos.
Ele revela o profundo e o escondido: conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz. Daniel 2:20-22

Coisas extraordinária ocorrem nas águas profundas. No relacionamento de amor profundo com Deus, numa submissão a palavra de Deus e na direção do Espírito Santo .

2. Superando derrotas e barreiras para ir às águas profundas.

Verso 5. Ao que lhe replicou Simão: “Mestre. tendo trabalhado durante a noite toda, não pegamos nada”.

  • Simão e seus companheiros estavam cansados de uma noite de trabalho infrutífera.
  • Tinham acabado de lavar as redes e, se não funcionasse teriam que lavá-las novamente.
  • Quem estava dando direção naquele momento, não era um pescador, era um carpinteiro, talvez para eles o negócio de Jesus era madeira e pregar para as multidões. Mas pescar era o oficio deles, e aquele dia, definitivamente não era dia de pesca. Mesmo porque, todo pescador sai para pescar a noite.

Quantas barreiras colocamos para não irmos adiante às águas profundas com nosso Senhor.

3. Vencendo as barreiras, sendo obediente e desfrutando do extraordinário.

Todavia, confiando em tua palavra, lançarei as redes.

verso 6. Assim procederam e pegaram enorme quantidade de peixes, tanto que as redes começaram a se romper.

4. As experiência das águas profundas revela nossa condição diante do poder e da santidade de Deus.

verso 8. Diante de tamanho evento, Simão se prostrou aos pés de Jesus e declarou: “afasta-te de mim, Senhor, pois sou homem pecador”.

Quanto mais profundo no relacionamento com Jesus, mais pecador você vai se sentir. Mais ajuste terá que fazer, mais arrependimento, mais tempo a sós com Deus, e tenha certeza, você não vai querer sair da presença Dele nunca mais.

5. Ém águas profundas recebemos revelações de Deus para nossas vidas.

v. 10 “… Jesus revela a Simão: “Não tenhas medo; a partir deste momento tu serás um pescador de vidas humanas”.

Conclusão
Hoje o Senhor convida-nos a sairmos da margem, navegarmos até as águas profundas e desfrutarmos da presença Dele como jamais imaginamos.

Salmo 92. 5 “Como são grandes as tuas obras, Senhor, como são profundos os teus propósitos!” (NVI)

 

About Victor Miranda

Além disso, verifique

Eu Necessito da Tua Palavra

Salmos 89-96 – Esboço (Arquivo) Salmo 119.  89 – 96 – Eu Necessito da Tua Palavra  ...