segunda-feira , 25 setembro 2017
Home » Vida Cristã » Nosso jeito de ser igreja

Nosso jeito de ser igreja

ffff

Quem somos

Somos a Comunidade Batista da Paz, igreja em células, no modelo MDA, com sede em São Vicente, SP.

Declaração de Propósito:

“O propósito da Comunidade Batista da Paz é glorificar a Deus, fazendo discípulos frutíferos e multiplicadores no poder do Espírito Santo”.

Comunidade Batista da Paz, a Igreja Nascida de Um Sonho

 Resumo Histórico

Início – Grupo Pequeno e Congregação

 

A Comunidade Batista da Paz nasceu dos sonhos de um pequeno grupo de sete pessoas que se reuniu na casa do Pr. Jorge Henrique e Marli pela primeira vez em 28/01/89, na cidade de São Vicente, SP.

O grupo sonhava, por crer que essa era a vontade de Deus, com uma igreja dinâmica, informal, contemporânea, contextualizada, viva e verdadeiramente compromissada com Deus.

Após vários encontros fechados, o grupo decidiu tornar-se congregação e pediu filiação à Igreja Batista de V. Jóquei, S. Vicente/SP (Pr. Marcos Domingues). Mais tarde, em local alugado, o grupo foi crescendo e em março de 1992 adquiriu o primeiro terreno onde está instalada hoje a sede, na Av. Dona Anita Costa, 261, V. Voturuá, S. Vicente, SP.

Organização em Igreja

A organização da igreja deu-se a 27 de junho de 1992, com 57 membros, após parecer do Concílio de Pastores Batistas examinar e dar parecer favorável, por unanimidade, à constituição da igreja.

Construção

A construção do primeiro “templo” aconteceu em 1993, contando com os esforços de todos. Mas logo o salão tornou-se pequeno. Com a aquisição de mais duas propriedades vizinhas, em 2005, demolimos o antigo salão e construímos o novo, que é ‘multiuso’ e já está pequeno, levando-nos a realizar dois cultos de celebração às 17 e às 19h.

A “celularização”

Em 2005, querendo sempre melhorar, após exaustivas avaliações de filosofias de ministérios e estratégias de trabalho, optamos por abraçar a ‘Visão Celular’. Embora os grupos pequenos sempre tenham feito parte da nossa trajetória, decidimos fazer deles, verdadeiramente, um braço de evangelização e, com o novo enfoque, passamos a chamá-los de ‘células’.

Autonomia e Filiação Cooperativa

A princípio, nossa ‘celularização’ não era atrelada a qualquer movimento, segmento, patrocínio, igreja, etc. Apenas, examinamos diversas estratégias e filosofias de ministério existentes e, juntando ao que já vivíamos como igreja, estabelecemos nossa forma de atuação, melhorando a nossa conquista de vidas para Cristo.

CBP e MDA
Contudo, reconhecemos que nos faltavam ajustes e detalhes que pudessem alavancar nosso trabalho. Em 2008 conhecemos o modelo MDA e, após longo ‘namoro’ conhecendo essa ferramenta de trabalho, filiamo-nos, em maio de 2014, à Associação MDA. Passamos a fazer os devidos ajustes em nossa forma de atuação, o que veio nos ajudar a melhorar em qualidade e quantidade.

Somos igreja autônoma, filiada, para fins de cooperação, à Associação das Igrejas Batistas do Litoral Paulista, à Convenção Batista do Estado de São Paulo e à Convenção Batista Brasileira.

Membrezia

A atual atual composição da CBP mostra que 70,05% dos membros foi recebido por batismo, 8,65% por reconciliação e 21,3% veio transferido de outras igrejas (14,4% de igrejas batitas e 6,9% de outras denominações).

Colegiado Atual

Desde os primórdios, a visão da igreja é ter um ministério múltiplo, por acreditar que o Novo Testamento mostra que era assim que eram dirigidas as igrejas. “Colegiado” qualifica um estilo plural de liderança, com diversos minsitros guiando a comunidade.

São nossos líderes: Pr. Jorge Henrique Miranda, casado com Marli (com os filhos Renata, Victor, Fernanda e Guilherme); Reinaldo de Sena, casado com Jan (com o filho Lucas), Jadson A. Ribeiro da Silva, casado com Noemi (com as filhas Nicole e Giovana) e Márcio José Garcia, casado com Nilza (com as filhas Fernanda e Gabriela).

Noemi de Souza Ribeiro da Silva, esposa do Pr. Jadson, é a nossa ministra de educação cristã. O seminarista Marcos Vinícius de Souza é obreiro da igreja, auxiliando ainda no serviço de secretaria.

Ministérios

A igreja está estruturada em ministérios sendo todos eles considerados ‘de apoio’ para concretizar o propósito maior da igreja que é “glorificar a Deus fazendo discípulos”. Os ministérios podem ser criados (sempre que houver um líder responsável) ou desativados (quando já não mais servirem aos seus fins). Na CBP não se faz eleições (exceto as previstas em estatuto, conforme o Código Civil). Escolhe-se a liderança conforme as aptidões demonstradas (dons, talentos, habilidades, disposição, compromisso, etc.).

Atualmente atuam os seguintes ministérios: Discipulado, Música & Louvor, Teatro, Dança, Circo, Ministério Infantil, Casais, Coro, Rede Jovem, Rede de Mulheres, Rede de Homens, Ação Social.

Células

Temos células em diversos bairros de São Vicente e algumas em Santos e Cubatão, funcionando em diversos dias da semana e em diversos horários. São células homogêneas (de homens ou de mulheres), mistas (de homens e de mulheres), de jovens, adolescentes, adultos e crianças.

Nosso desejo é ver células em todos os cantos da cidade e da região semeando o amor de Deus nos corações para que todos conheçam Jesus, “o caminho, a verdade e a vida”, o único que pode reconciliar o homem com Deus.

Encontro com Deus

O Encontro é um impactante retiro espiritual de fim de semana, um verdadeiro “intensivão” da vida cristã com ministração da Palavra de Deus, muita oração e algumas surpresas num ambiente de quebrantamento, sensibilidade espiritual e dependência de Deus.

Tem a finalidade de levar o novo decidido (e até o crente antigo) a entender e fazer valer sua posição em Cristo e de motivá-lo a realizar a obra do Senhor como verdadeiro ministro e sacerdote do Senhor.

About Victor Miranda

Além disso, verifique

Esboço para células – Eis me Aqui

Esboço Eis me Aqui (Arquivo) Eis-me aqui. Isaias.6:1-8 O ano é de 740 a.C /Israel estava ...